PORTAL DO GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA
  
Rondônia - 28/11/2013 - Mais Noticias
 FIAM: Em Manaus, governador fala sobre abertura de mercados
Com a presença de visitantes do Brasil e dos diversos países da região amazônica, foi aberta nesta quarta-feira (27) a 7ª FIAM – Feira Internacional da Amazônia. O governador Confúcio Moura participou da solenidade de abertura do evento, no Centro de Exposições Stúdio 5, em Manaus. Na solenidade, também estavam presentes o governador do Amazonas, Omar Aziz; o prefeito de Manaus, Artur Virgilio; os ministros venezuelanos do Turismo, Andrés Izarra, e do Comércio, Alejandro Fleming; entre outras autoridades.
 

Antes da solenidade, o governador Confúcio Moura visitou o estande de Rondônia, que destaca elementos relacionados com os principais produtos do Estado – como a pecuária bovina, a produção de laticínios, o cultivo de cereais como a soja, milho e arroz, a extração mineral e a abundância de peixes, como o tambaqui e o pirarucu. Grandes indústrias e empreendedores que trabalham com a inovação também expõem seus produtos e serviços no estande de Rondônia.
 
“Rondônia está crescendo, nossa produção de carne, laticínios, soja, peixes, madeira e minerais é muito significativa. Nossa economia cresce a taxas próximas de 7% ao ano, em ritmo chinês. E estamos aqui hoje, nesse grande evento da região amazônica, para apresentar Rondônia a um grande mercado consumidor, ávido por todos estes produtos”, explicou o governador.
 
Também acompanharam a comitiva rondoniense o secretário-adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Regularização Fundiária (Seagri), Adilson Julio Pereira, e o diretor do Sebrae-RO, Pedro Teixeira Chaves, e empresários do Estado.

 
Abertura
 
O presidente da Zona Franca de Manaus, Thomaz Afonso, abriu o evento destacando a importância do pólo industrial de Manaus para a economia da região. “Em 2013, as indústrias da Zona Franca produziram o equivalente a R$ 80 bilhões, com destaque para os segmentos de eletroeletrônicos, motocicletas e de tecnologia da informação”. Thomaz Afonso também citou a aprovação de R$ 10 bilhões em investimentos na Zona Franca para 2014.
 
Ricardo Schaeffer, diretor da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), instituição organizadora do evento, ressaltou a importância econômica do pólo de Manaus. “A Zona Franca representa mais da metade da riqueza gerada em toda a região norte do Brasil”, afirmou. Schaeffer também lembrou que os países que compõem a região amazônica formam um mercado de 100 milhões de habitantes e um PIB de aproximadamente 500 bilhões de dólares.
 
O governador do Amazonas, Omar Aziz, destacou o compromisso da presidente Dilma Rousseff em prorrogar os incentivos concedidos para a Zona Franca de Manaus pelos próximos 50 anos. “A Zona Franca possui tecnologia de ponta, é um pujante pólo industrial, e a prorrogação dos incentivos é fundamental”, explicou. “No Amazonas, é proibido mecanizar suas terras ou implantar a pecuária, pois não é permitido desmatar, daí a importância de contar com a tecnologia e o dinamismo da Zona Franca, dela decorre a própria sobrevivência do Estado”, concluiu Aziz.

Texto e fotos: Sandro André
Fonte: Decom

 
Fonte: DECOM - Departamento de Comunicação Social
 
 
 
 
Governo do Estado de Rondônia
Todos os direitos reservados.
© Copyright 2007
Desenvolvimento: SEFIN/CRE/GEINF